Páginas

domingo, 30 de janeiro de 2011

Tudo começou há um tempo atrás...

  
Relato de Mateus

Tudo começou em junho de 2007. Festa junina e um frio!!! Em uma roda de amigos e família lá estava eu, a festa quase na metade e a dupla sertaneja Don e Juan cantando. Meus amigos, todos nerds, buscando encontrar alguém pra embalar a noite. Foi quando de repente vimos duas garotas sozinhas conversando, uma morena e uma loira, mas a morena me encantou os olhos, ela alta, com a barriga de fora, parecia uma modelo de tão linda e alta. A loira não me chamou tanto a atenção, mas a morena ahh!! Minha mãe foi à frente e perguntou a elas se gostariam de nos conhecer, as meninas olharam pra gente e com a cabeça afirmaram que sim. Estávamos em grupo de cinco garotos, eu, Diego, Douglas, Filype e Flávio. Diego foi à frente, seguido pelo resto da turma; eu fui o último a ser apresentado, acho que sou o mais tímido, não disse muitas coisas, mas logo vi que alguns olhares foram trocados. Meu amigo Flávio deu umas investidas, mas sem sucesso. Então ela puxou conversa comigo e descobri que ela gostava de Coldplay e que se chamava Raquel, mas gostava que a chamassem de Rachel. Eu disse que faltava menos de um mês para eu ir embora de Belo Horizonte por ter passado em um concurso. Conversamos um pouco, dançamos e conversamos mais. Ao final da festa eu já estava indo embora com a minha família quando a minha irmã sugeriu que tirássemos uma foto, eu e ela. Fiquei vermelho de vergonha e ela aceitou, sentamos um do lado do outro e ela me abraçou, minha mãe interveio e perguntou se não íamos dar um beijinho, um selinho apenas; ela pegou a mão tampou nosso rosto e me deu um beijo, rápido, foi apenas um toque nos meus lábios, mas desde então eu não parei de pensar naquela garota que gostava de Coldplay e americanizava seu nome. Despedimos-nos, tinha apenas gravado seu MSN, nada mais. Meus amigos ficaram na festa e perguntaram o que ela achou de mim e conseguiram seu telefone...

Relato de Raquel

Fiquei pensando naquele beijo, naquele nerd, engraçado como são as coisas, como de repente elas acontecem. Bom, um dia depois dessa noite eu estava na casa da minha amiga em um churrasco, meu telefone tocou e veio uma voz, até hoje lembro: Olá, tudo bem? É o Mateus que te conheceu ontem à noite na festa junina. Queria te convidar pra sair comigo, você aceita? Eu disse que sim e sorri. Ah, tudo bem, depois eu te ligo pra confirmar aonde vamos, tudo bem? Ok, disse eu. Desliguei alegre, como se aquele telefonema fosse significar algo que eu ainda não sabia. Bom, esperei até que ele me retornasse e marcamos de sair, fomos a um restaurante na Pampulha, conversamos e nos conhecemos mais. Depois fomos pra orla admirar a noite, eu quase o beijei, mas ele me evitava (é, ele me evitava), estava bem tímido, pedi que ele me levasse até o ponto de ônibus e tentei dar um outro beijo e ele virou a cara. Fiquei morrendo de vergonha, mas tudo bem, pensei que fosse a timidez. Combinamos de sair, dessa vez no dia dos namorados 12 de junho de 2007. Combinamos de nos encontrar no Shopping Del Rey, ele chegou estava voltando do trabalho e eu o abracei e recebi um cartão, não tinha nada escrito por ele, mas achei fofo. Conversamos muito, rimos, tomamos refrigerante, conversamos... Quase no final do encontro ele resolveu pegar na minha mão, suei frio, a situação era outra, eu que fiquei tímida na hora, decidimos ir embora então. Eu abri um chocolate e comecei a comer, andamos em direção ao meu ponto, eu estava ansiosa, ele pegou meu rosto e disse antes que eu me arrependa novamente. Me beijou! Era um beijo tímido, mas cheio de descobertas e com um sentimento novo incluso, nos beijamos mais de uma vez, mas já estava tarde e eu me despedi. Entrei no ônibus e fiquei com uma chuva de pensamentos na cabeça! Ah! Quando já estava quase em casa recebi uma mensagem Obrigada pelo melhor dia dos namorados da minha vida! Vou sonhar com você. Acho que não preciso dizer mais nada, né?
 

5 comentários:

Belbellita disse...

Ai q lindo!!!! Agora tenho um blog ultraromantico para acompanhar. To amando saber mais sobre meus afilhadinhos!!! Nathália

Tati disse...

Que absurdo "a loira não me chamou a atenção"... deve ser cego, hehehehe...
Gente esse blog tá muito fofo...
Continuem assim!
Bjus e felicidadess

Mateus e Raquel disse...

Obrigada meninas!

Eliana disse...

Linda história amei......felicidades sempre!!!!!!!!!!!

francielly disse...

nossa a história começou bem... Show do Dom e Juan perfeito trilha sonora perfeita...

Postar um comentário