Páginas

domingo, 30 de janeiro de 2011

Ela disse Adeus e chorou




 Relato de Mateus

Aquele que seria o nosso último encontro foi lindo, me lembro bem das elegantes roupas de inverno que ela vestia, do seu perfume, do clima romântico e triste daquela noite devido às circunstâncias e até da sua insistência em não me deixar ver a foto de sua carteira de identidade...

Quando o encontro terminou fui levá-la embora; foi uma despedida muito triste, que pensávamos ser definitiva. Felizmente não foi. Mas as lágrimas daquela noite ficaram marcadas de uma bela forma em nossa memória.


Relato de Raquel

Passamos um mês de contos de fadas, trocamos mensagens, telefonemas, e-mails, tudo... Saímos mais duas vezes depois que nos beijamos, sendo a última um das noites mais felizes e tristes das nossas vidas, era pra ser o último dia, o último encontro. Lembro que me arrumei e fui encontrá-lo, ele estava lindo e já me recebeu com um beijo, eu já o chamava de amor, ele sempre foi muito fofo comigo, sempre muito lindo. Fomos para um restaurante na Pampulha, onde tudo começou, foi um encontro inesquecível, acho que nunca choramos tanto. Sentíamos que ia ser realmente a despedida do nosso amor, fizemos bilhetes no guardanapo para ler somente quando chegar em casa, ele já ia embora no dia seguinte, depois de muito choro eu fui embora com o coração na mão, chegando em casa li o bilhete que dizia: 

Raquel
Quando já estava próximo de perder as esperanças de encontrar alguém que me compreendesse e preenchesse meus pensamentos, você surgiu e cumpriu ambos os papeis. Pena que tenha já tão próximo a minha partida, mas por mais efêmera que tenha sido nossa relação, foi longa o suficiente para que eu nunca me esqueça de você.

Essas palavras embalaram meu pranto seguido do meu sono.
 

3 comentários:

Tati disse...

"Essas palavras embalaram meu pranto seguido do meu sono."
Que pronfundo, deu até vontade de chorar...

Mateus e Raquel disse...

Sim sim, hehe!

Ana Clara 2403 disse...

Que lindo... ;(

Postar um comentário